O Peeling Químico pode melhorar a aparência da pele. Neste tratamento, uma solução química é aplicada à pele, o que a torna “bolha” e eventualmente descasca. A nova pele que nasce, geralmente é mais lisa e menos enrugada do que a antiga.

Os peelings químicos podem ser feitos no rosto, pescoço ou mãos. Eles podem ser usados ​​para:

– Reduzir as linhas finas sob os olhos e ao redor da boca

👉 40%OFF! Preenchimento com ácido hialurônico 12x 70 no cartão 🎁🎁

Somente até 16/10/2021

Agende uma avaliação gratuita

ENTRAR EM CONTATO * Você será redirecionado(a) para o nosso WhatsApp

**

– Tratar rugas causadas por danos causados ​​pelo sol e envelhecimento

– Melhorar a aparência de cicatrizes leves

– Tratar certos tipos de acne

– Reduzir manchas da idade, sardas e manchas escuras (melasma) devido à gravidez ou a tomar   pílulas anticoncepcionais

– Melhorar a aparência da pele

Áreas de danos causados ​​pelo sol podem melhorar após o peeling químico.

Após um descascamento químico, a pele fica temporariamente mais sensível ao sol, então use protetor solar todos os dias. Deve estar escrito “amplo espectro” no rótulo, o que significa que protege contra os raios UVA e UVB do sol. Além disso, deve ser um protetor solar físico e ter um valor acima de 30 ° C. Limite seu tempo ao sol, especialmente entre as 10h e as 14h, e use um chapéu de abas largas.

Quem é um bom candidato para um Peeling Químico?

Geralmente, pacientes de pele clara e cabelos claros são melhores candidatos a peelings químicos. Se você tem uma pele mais escura, também pode ter bons resultados, dependendo do tipo de problema que está sendo tratado. Mas também é mais provável que você tenha um tom de pele irregular após o procedimento.

Cicatrizes na pele, protuberâncias e rugas mais graves não respondem bem a peelings químicos. Eles podem precisar de outros tipos de procedimentos cirúrgicos cosméticos, como recapeamento a laser, lifting facial, lifting de sobrancelhas, lifting de pálpebras ou preenchimento de tecidos moles (colágeno ou gordura). Um profissional especialista pode ajudar a determinar o tipo de tratamento mais adequado para você.

Antes de você obter um Peeling Químico

Informe ao profissional resposavel se tiver antecedentes de cicatrizes, herpes labial que voltam sempre ou radiografias faciais.

Antes de obter um peeling químico, seu médico pode pedir que você pare de tomar certos medicamentos e prepare sua pele usando outros medicamentos, como Retin-A, Renova ou ácido glicólico. O médico também pode prescrever antibióticos ou medicamentos antivirais.

Trabalhe com seu médico para determinar a profundidade de sua casca. Esta decisão depende das condições da sua pele e dos seus objetivos de tratamento.

Como o Peeling Químico é feito?

Você pode obter um Peeling Químico em um consultório médico ou em um centro de Estética. É um procedimento ambulatorial, o que significa que não há pernoite.

O profissional que faz o seu peeling primeiro limpa sua pele completamente. Em seguida, ele aplicará uma ou mais soluções químicas – como ácido glicólico, ácido tricloroacético, ácido salicílico, ácido lático ou ácido carbólico (fenol) – em pequenas áreas da pele. Isso cria uma ferida controlada, deixando a pele nova tomar seu lugar.

Durante um Peeling Químico, a maioria das pessoas sente uma sensação de queimação que dura cerca de cinco a dez minutos, seguida por uma sensação de ardência. Colocar compressas frias na pele pode aliviar a dor. Você pode precisar de analgésicos durante ou após um peeling mais profundo.

O que esperar após o peeling químico

Dependendo do tipo de Peeling Químico, uma reação semelhante à queimadura solar ocorre após o procedimento. O descascamento geralmente envolve vermelhidão seguida de descamação que termina em três a sete dias. Os peelings leves podem ser repetidos em intervalos de uma a quatro semanas até você obter a aparência que procura.

Você precisará evitar o sol por vários meses após um peeling químico, pois sua nova pele será frágil.